Planservice
Área Restrita English Português

Notícias - Gerenciamento de Projetos e Obras

PMI: Por que investir na certificação?

15/10/2016

Atualmente, quem está em busca de uma colocação como Gerente de Projetos no Brasil precisa de mais do que referências, experiência e uma boa formação universitária. Para estes profissionais, é imprescindível a certificação PMP – Project Management Professional – atesta que você tem formação, experiência e competência para conduzir e dirigir projetos. “O PMP não garante que você seja empregado, mas destaca seu currículo para ser analisado”, afirma Roberto Pons, PMP, MSc e CEO da Projectlab.

De acordo com ele, mesmo quem não tem a intenção de ser um Gerente de Projetos profissional, mas gerencia projetos como uma atividade secundária à sua profissão original, tem na certificação um grande diferencial dentro de seu ofício. “Qualquer profissional que cumpra os requisitos básicos e passe no exame de 4 horas pode obter o certificado. Esses requisitos incluem uma comprovação de experiência prévia de 4.500 a 6.000 horas liderando projetos nos últimos 8 anos, dependendo de sua formação acadêmica. Portanto, com menos de 3 anos de experiência gerenciando projetos, você não pode fazer o exame. Não é para iniciantes”, avisa Pons.

Mais de 700 mil certificados PMP já foram concedidos no mundo todo, mas no Brasil ainda são apenas cerca de 17 mil, o que representa uma excelente oportunidade de diferenciação profissional. “Embora cresça todo ano em números absolutos, nos últimos dois anos tem havido uma queda no ritmo de procura pela certificação em função da crise econômica que o pais enfrenta. Porém, muitos têm buscado a certificação como forma de aumentar as chances de recolocação no mercado ou de manter a empregabilidade”, ressalta o CEO.

Pons lembra que o exame é extremamente difícil e, por isso mesmo, representa um grande salto na especialização de um Gerente de Projeto. “É um desafio para qualquer gerente de projetos. Por isso, mesmo com o melhor material ou curso, boa parte da responsabilidade de passar no exame recai sobre o candidato, pois ele vai precisar de disciplina, esforço, seriedade e determinação.”

A seguir, Roberto Pons dá algumas dicas para quem está interessado em tirar a certificação PMP:

1- Cheque se você tem os requisitos necessários. No site www.projectlab.com.br, na área de downloads, há uma planilha que mostra exatamente o que você precisa comprovar para sua elegibilidade ao exame.

2- Se tiver os pré-requisitos, o caminho mais rápido é procurar um curso preparatório. Estudar sozinho também é uma opção.

3- Caso sua escolha seja estudar sozinho, Pons indica como material didático o livro “Preparatório para o Exame de PMP”, um best seller mundial, da autora Rita Mulcahy.


Artigos Relacionados

Assine a Newsletter

Se mantenha informado via e-mail, sobre os novos artigos da Planservice

Tags

#Gerenciamento #planejamento #planejamentodeobra #fiscalizacao #gestaodeprojetos #PMO #PMI #duedilligence #prazo #valoragregado #investimento #investimentos #investimentoimobiliario #fundosdeinvestimentos #investimentosimobiliarios #SucessoNoInvestimento #investimentoseguro #procurement #engenhariadecusto #controladoria #orcamentacaoecusto #licitacoesdeobra