Planservice
Área Restrita English Português

Notícias - Gerenciamento de Projetos e Obras

Engenharia de custo, para que serve afinal?

01/03/2015
Para começar, a engenharia de custo nada mais é do que fazer o controle de custo das obras e serviços, envolvendo a elaboração de orçamentos e gastos realizados e maximizando a viabilidade atribuída para o empreendimento. O gerenciamento de custos começa na criação do projeto, nos primeiros estudos de viabilidade, onde o nível de precisão geralmente é pequeno.
 
É a área da engenharia onde princípios, normas, critérios e experiência são utilizados para resolução de problemas de estimativa de custos, avaliação econômica, de planejamento e de gerência e controle de empreendimentos.
 
De acordo com o gerente de contrato da PLANSERVICE, Videlmarkis Martins Moreira, a engenharia de custo “permite ao nosso cliente ter o controle e o planejamento com previsões de desembolso para períodos pré-definidos em comum acordo. Assim, é possível facilitar a decisão de quando aportar valores para garantir o andamento da obra.” E para que isso ocorra de forma confiável, é necessário iniciar o processo com base no Planejamento inicial, orçamentação e posterior detalhamento do planejamento.
 
Além dos investimentos, a engenharia de custos prossegue na fase de construção, com o mesmo rigor, por meio do planejamento, controle, acompanhamento de custos e definição dos custos de manutenção das mesmas. Ao longo dos anos, foram desenvolvidos diversos métodos para se determinar a estimativa do custo de produção em obras civis, mas o objetivo maior de cada método é comum, ou seja, determinar uma estimativa de baixo custo de produção para o projeto ou empreendimento a ser realizado. Serve ainda para a montagem de bancos de dados com as composições analíticas de custo dos serviços de interesse da empresa, com base nos resultados obtidos nas obras que vão sendo executadas, uma vez que isto virá a consolidar o trabalho de estimativas de custo de futuras obras.
 
A PLANSERVICE elaborou seu Manual de Engenharia de Custos, que sugere processos de planejamento e controle, com a possibilidade de incorporar processos específicos para que sejam supridas as necessidades de cada cliente. “Após a implementação desse processo, foi possível notar que o cliente pode ficar mais confiante com andamento da obra e planejar melhor seus investimentos e aportes conforme a real necessidade de cada período”, afirma Moreira.
 

“O diferencial da PLANSERVICE ao aplicar este serviço é proporcionar aos clientes uma das mais críticas e desafiadoras tarefas, no que se refere a uma melhor avaliação de custos antes que ocorram as despesas, e gerenciá-las à medida que ocorrem, convertendo apropriadamente orçamentos bem feitos em gastos bem realizados, que maximizem a viabilidade técnico-econômica a ser consumada no empreendimento, assegurando-lhe a exequibilidade”, afirma Luiz Augusto Secco, diretor de planejamento da PLANSERVICE. 


Artigos Relacionados

Assine a Newsletter

Se mantenha informado via e-mail, sobre os novos artigos da Planservice

Tags

#Gerenciamento #planejamento #planejamentodeobra #fiscalizacao #gestaodeprojetos #PMO #PMI #duedilligence #prazo #valoragregado #investimento #investimentos #investimentoimobiliario #fundosdeinvestimentos #investimentosimobiliarios #SucessoNoInvestimento #investimentoseguro #procurement #engenhariadecusto #controladoria #orcamentacaoecusto #licitacoesdeobra