Planservice
Área Restrita English Português

Notícias - Gerenciamento de Projetos e Obras

O risco na fase de concepção de um projeto

10/12/2013

A importância para as empresas em contratar a gerenciadora desde a concepção do empreendimento

A partir do momento em que um cliente decide iniciar um empreendimento, dependendo de sua motivação, é necessário que ele vá em busca de terrenos ou áreas que se adequem ao perfil de seu negócio e, a partir daí, comece a estruturá-lo. Entretanto, há uma série de ações que devem ser cuidadosamente realizadas para evitar que o empreendimento seja implantado em um local inadequado, em áreas onde pode ter existido alguma indústria poluente ou um manancial poluído, áreas de proteção ambiental, entorno sem infraestrutura e abastecimento adequados, entre outras questões que precisam ser avaliadas nesta fase inicial para não causar transtornos e gastos não previstos para o proprietário. 

De acordo com o engenheiro e sócio-diretor da Planservice Engenheiros Associados, Fernando Fahham, é importante investigar e analisar o subsolo e outros aspectos técnicos, pois pode haver alguma característica ou indício de irregularidade que encareça a implantação no local. “O mais indicado é que o cliente só adquira o terreno ou imóvel depois de ter sido feita toda a pesquisa de terreno e avaliação da legislação, para que futuramente o proprietário não perca dinheiro”, destaca. 

Fahham ressalta que a Planservice tem a expertise para participar desde a fase inicial do projeto, elaborando uma pré-analise de localização e do terreno, a contratação de projetos e coordenação. Porém, muitas empresas contratam a gerenciadora apenas para fazer a fiscalização da obra, controle dos prazos e do custo e garantir a qualidade do empreendimento.

O também engenheiro e sócio da Planservice Carlos Miller destaca que gerenciadora e arquiteto devem estar alinhados deste o início, pois o arquiteto não só dará apoio, mas trará um outro ativo para o cliente, que é o nome do escritório de arquitetura, agregando valor e facilitando a venda do imóvel. “O arquiteto ajuda o empreendedor a escolher a área, pois é ele quem irá materializar a ideia. Porém, a gerenciadora estuda todas as condições técnicas da operação e o entorno do empreendimento, fornecendo subsídios para a análise de sua viabilidade”, explica.

Os sócios Carlos Miller e Fernando Fahham contam que já tiveram vários clientes que, em consequência da não contratação de uma gerenciadora desde o início do processo, tiveram um custo alto não previsto e atraso na entrega da obra devido à soluções inadequadas de projetos. “Sem ter o conhecimento técnico necessário, portanto, sem a possibilidade de reconhecer enventuais problemas do projeto, o cliente avança durante um longo tempo, sem saber o quanto isso irá lhe custar. Muitas vezes, só quando o problema se evidencia contratam a gerenciadora”, conta Miller.

“Mesmo tendo um ótimo arquiteto e contando com os melhores projetistas, nem sempre se obtém a melhor solução, justamente porque ninguém pensou como gestor do projeto, como gerenciador. O cliente não tem que ter esse conhecimento, e esse é o papel da Planservice: agrupar informações e diagnosticar se o projeto tem viabilidade para funcionar ou não”, explica Fernando. 

Vale lembrar que o mercado está passando por constantes mudanças e é importante que a empresa encarregada do gerenciamento tenha experiência, vivência e conhecimento para enxergar quais são os pontos importantes e as alternativas para chegar aos objetivos, evitando riscos, atendendo os prazos e apresentando soluções efetivas aos seus clientes.  

“A Planservice está preparada para fazer desde a análise técnica do terreno até a entrega da obra. Temos equipe 100% própria e preparada”, conclui Miller. 


Artigos Relacionados

Assine a Newsletter

Se mantenha informado via e-mail, sobre os novos artigos da Planservice

Tags

#Gerenciamento #planejamento #planejamentodeobra #fiscalizacao #gestaodeprojetos #PMO #PMI #duedilligence #prazo #valoragregado #investimento #investimentos #investimentoimobiliario #fundosdeinvestimentos #investimentosimobiliarios #SucessoNoInvestimento #investimentoseguro #procurement #engenhariadecusto #controladoria #orcamentacaoecusto #licitacoesdeobra